Smoke Signals

WESTWAY LAB 3.0 | Smoke Signals / Glen Calleja

“Smoke Signals” é um projeto que marca, de forma muito especial, o terceiro momento do westway lab festival. E estão todos convidados a participar aqui com as suas fotos, comentários e histórias!

O WestWay Lab Festival celebra o seu momento final na noite de 05 de julho com a projeção de um documentário que representa o culminar de um projeto inovador, “Smoke Signals”, da autoria de Glen Calleja, um artista oriundo de Malta que irá mostrar as experiências quotidianas de três cidadãos vimaranenses com mais de 90 anos e cujo foco essencial é a perceção e uso da cozinha enquanto espaço.

Este projeto de relação com a comunidade encontra-se em curso e pretende ser uma plataforma que promova a partilha e a reflexão, apelando à participação de todos nesta página com as suas fotos, comentários e histórias. Para tal, basta aderir ao evento “WestWay Lab 3.0 | Smoke Signals / Glen Calleja” através da página www.facebook.com/GUICUL. Convida-se deste modo a comunidade a interagir com os vídeos, as fotos e os conteúdos que serão publicados diariamente até à apresentação final de 05 de julho.

Com esta interação procuram-se testemunhos, respostas, pensamentos, os pormenores muitas vezes esquecidos ou ignorados, curiosidades, histórias até agora desconhecidas, reflexo de vivências relacionadas com este espaço de comunhão, a(s) cozinha(s) da vida de cada um, e com a riqueza do contacto único com pessoas centenárias e todas as suas experiências e testemunhos inigualáveis.

Os elementos convocados neste projeto artístico, como sendo a escolha de atores não profissionais e o interesse particular nas suas cozinhas, suscitam uma fuga aos padrões convencionais e destacam a democratização do espaço de apresentação, mostrando a cozinha, um espaço privado, como um palco acessível, partilhado e comum a todos.

“Smoke Signals” mostrará ao público, através de um filme mudo contemporâneo, o quotidiano destes cidadãos, atores não profissionais quase a atingir os 100 anos de idade, que abriram as portas de suas casas, convidando-nos a perceber a sua realidade.

O projeto tem uma parte de documentário e uma parte de poesia; uma fusão de reportagem, pesquisa e interpretação para criar uma reflexão sobre a vida em Guimarães.

Participe neste último momento do WestWay Lab Festival!


“Smoke Signals” is a unique performance which marks the third gathering of the WestWay Lab Festival in a truly exceptional way.
In the night of July 5th we celebrate the third gathering of the WestWay Lab Festival with a very special event. “Smoke Signals” is the title of the WestWay Lab Festival’s closing performance, created by Glen Calleja, an artist from Malta who will shed light on the daily experiences of three Guimarães residents over the age of 90, focusing essentially on their daily use of the kitchen space. The performance is part documentary and part poetry, as well as a blend of reporting, research and interpretation in the context of reflecting upon life in Guimarães.

To participate in this community project, simply join the event “WestWay Lab 3.0 | Smoke Signals / Glen Calleja” through the page www.facebook.com/GUICUL.


Um projeto d’A Oficina com direção artística de Glen Calleja
Vídeo making of – Audiovisuais / Lumatera (Célia Machado, Joana Queirós, Pedro Alves, Filipe Leite e Rafael Lino)
Fotografia Ivo André
Música Ricardo Baptista

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Westway Lab Festival is a collaborative platform, a living and organic laboratory, of experimentation and stimulus to creativity whose goal is to bring together, in the same city, acclaimed and emerging, international and national, innovative and purists artists during a period of music creation, video, urban interventions, architecture and thought played out through the development of activities such as artistic residencies, creative ateliers, showcases, concerts and talks.

%d bloggers like this: