Arquivo de etiquetas: comunidade local

“Smoke Signals” / Glen Calleja

WESTWAY LAB 3.0 | Smoke Signals / Glen Calleja
“Smoke Signals” é um projeto singular que marca, de forma muito especial, o terceiro momento do WestWay Lab Festival.

Na noite de 05 de julho, celebraremos o terceiro momento do WestWay Lab Festival com um projeto muito especial. Pelas 21h00 revelaremos os vídeos produzidos durante o momento 1.0, com projeção de um mini documentário e outros registos artísticos, reveladores das diferentes dimensões deste projeto especial, permitindo a fruição, por todos os públicos, dos principais resultados desenvolvidos neste contexto.
“Smoke Signals” é o título do outro momento de encerramento do WestWay Lab Festival, da autoria de Glen Calleja, artista de Malta, que irá mostrar as experiências quotidianas de três cidadãos vimaranenses com mais de 90 anos, cujo foco essencial é a perceção e uso da cozinha enquanto espaço. O projeto tem uma parte de documentário e outra de poesia, bem como uma fusão de reportagem, pesquisa e interpretação para criar uma reflexão sobre a vida em Guimarães.
Adere e participa no evento do facebook aqui.

“Smoke Signals” is a unique performance which marks the third gathering of the WestWay Lab Festival in a truly exceptional way.
In the night of July 5th, we will celebrate the third gathering of the WestWay Lab Festival with a very special event. At about 9pm, we will show the videos produced during Gathering Nº 1 as well as a mini-documentary and other exhibitions that show the variety of scope attained by this special project, which allows the general public to develop within the broadest of scopes.
“Smoke Signals” is the title of the WestWay Lab Festival’s closing performance, created by Glen Calleja, an artist from Malta who will shed light on the daily experiences of three Guimarães residents over the age of 90, focusing essentially on their daily use of the kitchen space. The performance is part documentary and part poetry, as well as a blend of reporting, research and interpretation in the context of reflecting upon life in Guimarães.

Join and participate the facebook event here.

Anúncios

WESTWAY LAB FESTIVAL 1.0 (Guimarães 2014)

E aqui está o vídeo resumo dos momentos que rechearam WestWay Lab Festival 1.0!
Residências Artísticas, Talks, Showcases, Debates, Workshops, Keynote speeches e Concertos constituíram o programa do primeiro momento do festival, entre os dias 01 e 19 de abril, em Guimarães, com a participação de artistas e profissionais do universo musical nacional e internacional.

And here is the summary video of moments that marked the WestWay Lab Festival 1.0!
Artist Residencies, Talks, Showcases, Debates, Workshops, Keynote speeches and Concerts filled this first moment of the festival, between 01 and 19 April in Guimarães, with the participation of artists and professionals of the national and international musical universe.

Ghost Capsules + José Figueiredo (lab experiment #2)

Novo vídeo da criação musical dos GHOST CAPSULES (Laura Gomez e Georg Lichtenauer) com José Figueiredo (peixe : avião), resultado da sua residência artística e participação no WestWayLab Festival 1.0, em Guimarães.

New music video of Ghost Capsules (Laura Gomez and Georg Lichtenauer) with José Figueiredo (peixe : avião), a result of their residency and participation at WestWayLab Festival 1.0 in Guimarães.

The Weatherman + Emmy Curl (lab experiment #3)

Durante o WSTWY 1.0 (01 a 19 de abril), The Weatherman e emmy Curl juntaram-se em residência no Centro de Criação de Candoso, em Guimarães. Bebendo inspiração na cidade, e fruto do cruzamento entre música e vídeo proporcionado pelo festival, uma nova criação ganhou vida.

During WSTWY 1.0 (01 to 19 April), The Weatherman and Emmy Curl had been working together in residence at the Candoso Creation Centre in Guimaraes. As a result of their inspiration in the city, and the intersection between music and video provided by the festival, a new creation came to life.

LECTURE | TIM LAWRENCE (28 JUNHO)

Tim Lawrence

Tim Lawrence, professor universitário e um estudioso atento dos movimentos culturais das grandes cidades do mundo, marca presença no WestWay Lab 2.0 protagonizando uma Lecture no Café Concerto do CCVF.
É autor de vários livros sobre o tema, incluindo o referencial “Love saves the day” que retrata o aparecimento de núcleos artísticos na década de 70 em Nova Iorque, que mais tarde viriam a marcar de forma decisiva a identidade cultural daquela cidade. Tim virá falar sobre a importância desses núcleos, muitas vezes invisíveis aos nossos olhos no contexto atual de massificação, mas que na profundidade do seu trabalho apontam tendências e caminhos inovadores a partir da maturação de novas linguagens. Pensaremos assim a cidade como um corpo orgânico, que nos proporciona um conjunto de experiências muitas vezes apenas disponíveis através de pequenos trajetos exploratórios. A Lecture tem início às 23h30 e a entrada é livre.

Tim Lawrence, a university professor and academic who studies the cultural movements in large cities around the world, will be at WestWay Lab 2.0 starring a Lecture at the Café Concerto of CCVF.
Tim Lawrence is the author of various books on the theme of cultural movements, including “love saves the day” which describes the emergence of those groups of artists in New York in the 1970s who would later become icons of cultural identity in the city. Tim will speak about the importance of these core groups in a context which may have escaped our notice since our vision is skewed by the present context of mass-consumption but which his research indicates as showing trends and the innovative pathways which open up when a new artistic language comes to maturity. We will thus think of the city as a living body which offers us a set of experiences which are often available only on short exploratory journeys. The Lecture starts at 11:30 p.m. and entrance is free.

Workshop Design & Audiovisual (10 e 11 maio)

Nos dias 10 e 11 de maio, o WestWay Lab propõe uma ação de formação na área do design & audiovisual com dois formadores de reconhecida experiência na criação de videoclipes para as principais bandas nacionais.
André Tentugal (We Trust, Foge Foge Bandido, Mind the Gap, etc) e Vasco Mendes (Capicua, White Haus, The Weatherman, entre outros) assumirão a direção deste momento 2.0 que dá continuidade à importância do conhecimento e à dotação de competências dos artistas nacionais, numa importante área da cultura contemporânea. O workshop acontecerá no atelier 1 da Plataforma das Artes e da Criatividade, durante os dois dias, numa intensa atividade de aprendizagem e criação, culminando com uma apresentação, no dia 11 de maio, pelas 18h00, dos principais resultados desta ação acompanhada por um momento musical que animará o final da tarde de domingo, em Guimarães. Procura e traz um qualquer dispositivo de registo audiovisual (iPhone; Câmara Reflex; GoPro; Super 8; ou qualquer outro suporte) e manifesta a tua vontade enviando um e-mail para westwaylab@aoficina.pt.

Mais informações sobre os formadores:

André Tentugal nasce no Porto em 1982. Inicia a sua carreira como cineasta bem cedo, através da sua ligação com o movimento punk-rock e aos poucos descobre o universo dos músicos. Surgiam os primeiros video-clips / mini-docs. Aos 16 anos percebe que o cinema será a sua missão de vida e dedica-se a estudos relacionados com a área. Atualmente conta com colaborações no panorama nacional como Old Jerusalem, Norberto Lobo, X-Wife, Mind da Gap, Moonspell, Sizo, Foge Foge Bandido, Ornatos Violeta, Sean Riley & The Slowriders, Rodrigo Leão, entre outros, e internacional: Kap Bambino, Scout Niblett, Tiny Vipers, Ariel Pink, Divine Comedy, etc. No presente, vai alternando o seu tempo realizando publicidade, continuando o seu trabalho ligado ao registo de vídeos musicais e também agora como músico, mentor do projeto WE TRUST, considerado um dos mais promissores projetos musicais portugueses da atualidade. Foi também recentemente convidado a realizar aquela que seria a sua primeira curta-metragem de ficção, produzida pela mesma entidade que organiza o Curtas Vila do Conde, intitulada “De Onde Os Pássaros Vêem a Cidade”.
www.wetrust.co

Vasco Mendes nasceu no Porto em 1987. Começou desde cedo a fazer vídeos caseiros com pequenas historias onde incluía a família e amigos, até ao dia em que começou a filmar e a editar concertos de música o que fez com que a sua relação com a música, ritmo e montagem começasse a crescer. Esta relação levou-o a realizar vários videoclipes para bandas como Capicua, Glockenwise, Lululemon, Papercutz, The Weatherman, Throes + The Shine e White Haus. Actualmente continua a realizar videoclipes assim como outros registos de video onde ritmo, música e cinema se cruzam.
www.vascomendes.com

Horário 10 maio (10h00-13h00 / 15h00-18h00) e 11 maio (10h00-13h00 / 15h00-17h00)
Local Atelier 1 da Plataforma das Artes e da Criatividade
Público-alvo músicos da região e participantes no WestWay Lab Festival 1.0
Lotação 25 participantes
Preço 50,00 euros (pagamento através de referência multibanco)
Inscrições até 08 de maio às 19h00 através do e-mail westwaylab@aoficina.pt

On 10 and 11 May, the WestWay Lab proposes a teaching program in design & audiovisual area with two trainers with recognized experience in creating music videos for major portuguese bands, André Tentugal (We Trust, Foge Foge Bandido, Mind the Gap, etc) and Vasco Mendes (Capicua, White Haus, The Weatherman, among others).
Search and bring any audiovisual recording device (iPhone; Reflex Camera, GoPro, Super 8, or any other) and express your will by sending an email to westwaylab@aoficina.pt.

More information about trainers
André Tentugal: www.wetrust.co
Vasco Mendes: www.vascomendes.com

Schedule 10 maio (10h00-13h00 / 15h00-18h00) e 11 maio (10h00-13h00 / 15h00-17h00)
Venue Atelier 1 of  Plataform for Arts and Creativity
Target audience local musicians and participants of WestWay Lab Festival 1.0

Capacity 25 participants
Price 50,00 EUR (payment through ATM reference)
Registration until May 8 at 19:00 via email westwaylab@aoficina.pt

Lecture | Bill Brewster (10 maio)

Lecture

Depois de um mês de abril de intenso espírito criativo, o WestWay Lab Festival prossegue com uma Lecture no Café Concerto do CCVF protagonizada por Bill Brewster.
Bill Brewster é coautor do famoso livro “Last night a DJ saved my life” que retrata o aparecimento da cultura DJ e seu desenvolvimento até aos nossos dias. Bill virá falar sobre a importância das correntes underground no mapeamento e formação da identidade cultural das principais cidades mundiais. Além disso ajudar-nos-á a compreender a história e ideias que romperam o círculo do estabelecido e se impuseram pela sua essência, tal como a importância da música na sociedade contemporânea enquanto fator de coesão social. A Lecture irá decorrer no Café Concerto do CCVF e a entrada será livre.

Bill Brewster is the co-author of the famous book “Last night a DJ saved my life” which portrays the origins of DJ culture and its development up to our days. Bill will talk about the importance of underground movements in the mapping and development of cultural identity of the main cities of the world. He will also help us to understand the history and ideas that broke the circle of the establishment, and were accepted by their essence, and the importance of music in contemporary society as a factor of social cohesion. The Lecture will take place at the Café Concerto of the Vila Flor Cultural Centre and the entrance will be free.

Clã apresentaram novo álbum no Centro Cultural Vila Flor

Os Clã atuaram no último dia do primeiro momento do WestWay Lab Festival, no Grande Auditório do CCVF, com a apresentação do novo disco da banda, “Corrente”.
Neste regresso dos Clã aos palcos, seu elemento natural, onde encontramos o rigor, a irreverência e a energia da banda, reconhecida pela excelência das suas apresentações ao vivo, pudemos conhecer as novas canções, feitas em colaboração com os seus cúmplices Carlos Tê, Sérgio Godinho, Arnaldo Antunes, Regina Guimarães e John Ulhoa e ainda com os novos parceiros, Nuno Prata e Samuel Úria. Neste novo trabalho, os Clã voltam a mostrar o seu enorme prazer na construção de canções e o desejo de explorar novos caminhos e sonoridades.
Em entrevista à GuimarãesTV, a vocalista do grupo falou sobre o sétimo trabalho de originais, tendo revelado ainda ser um prazer voltar a actuar na Cidade Berço.

Clã closed the first moment of WestWay Lab Festival at the CCVF’s Grand Auditorium showcasing their new band album, “Corrente”.
In this return to stages, their natural element, where we find the vigour, the irreverence and the band’s energy, recognised in the excellence of their live performances, we could discover new songs, produced in collaboration with their partners in crime Carlos Tê, Sérgio Godinho, Arnaldo Antunes, Regina Guimarães and John Ulhoa and with their new partners Nuno Prata and Samuel Úria. In this new work, Clã showcase again the enormous pleasure they take in constructing songs and the desire to explore new territories and sounds.
In an interview with GuimarãesTV, the lead singer of the group talked about the seventh original work and has shown still be a pleasure to act in the Cradle City of Portugal.

PEIXE : AVIÃO APRESENTARAM NOVO TRABALHO EM GUIMARÃES

Na corrida para o prémio europeu IMPALA, os peixe : avião protagonizaram o primeiro concerto do WestWay Lab Festival.
Nascidos no verão de 2007 na cidade de Braga, os peixe : avião rapidamente conquistaram a atenção da imprensa nacional através de um EP promissor. Desde então, a sua carreira tem sido pautada por um crescimento constante suportado pelos álbuns “40.02” (rastilho records, 2008), “Madrugada” (PAD, 2010) e pelo recente “peixe : avião” (PAD, 2013). Considerado o segundo melhor álbum do ano pela revista Blitz, “peixe : avião” foi apresentado no passado dia 12 de abril em Guimarães e está nomeado para o prémio europeu IMPALA, da Associação de Empresas de Música Independente da Europa, que distingue há quatro anos o melhor álbum do ano lançado por editoras independentes europeias. O disco da banda bracarense surge, assim, numa lista de nomeados que inclui “Tomorrow´s Harvest” dos Boards of Canada, “Pale Green Ghosts “de John Grant, “Push the Sky Away” de Nick Cave & The Bad Seeds, “Kveikur” dos Sigur Rós ou “The Golden Age” de Woodkid. 

In the shortlist for the European award IMPALA, peixe : avião were the opening concert of WestWay Lab Festival.
Born in the summer of 2007 in the city of Braga, peixe : avião quickly caught the attention of national press through a promising EP. Since then, their career has been marked by a constant growth supported by the albums “40.02” (rastilho records, 2008), “Madrugada” (PAD, 2010), and by the recent “peixe : avião” (PAD, 2013). Considered the second best album of the year by Blitz magazine, peixe : avião was presented on 12th of April in Guimarães and is nominated for the European award IMPALA from The Portuguese Independent Music Association, which for the past four years has been electing the best album of the year launched by European independent record labels. The album of the Braga-based band comes, thus, in a list of nominees that includes “Tomorrow´s Harvest” by Boards of Canada, “Pale Green Ghosts” by John Grant, “Push the Sky Away” by Nick Cave & The Bad Seeds, “Kveikur” by Sigur Rós or “The Golden Age” by Woodkid.

Fickle Ghost + João Santos (lab experiment #1)

Neste vídeo gravado em Guimarães, os holandeses Fickle Ghost (Gido Lahuis, Rosan Vloedgraven) e o português João Santos (Stereoboy) mostram uma das criações fruto destes cruzamentos artísticos e culturais promovidos pelo WestWay Lab Festival.
Ao longo do festival, mais de 16 artistas regionais, nacionais e internacionais estiveram em residência no Centro de Criação de Candoso, em Guimarães. Daqui surgiram novos cruzamentos, com direito a diálogos, arte e interculturalidade, constituindo formações musicais que, após o período em residência, apresentaram o resultado do trabalho desenvolvido.

In this video recorded in Guimarães, Fickle Ghost (Gido Lahuis, Rosan Vloedgraven) and João Santos (Stereoboy) show one of their creations as a result of these artistic and cultural crossovers promoted by WestWay Lab Festival.
Throughout the festival, more than 16 regional , national and international artists were in residence at the ” Candoso Creation Centre”, in Guimarães.