Concertos

QUARTA 05 ABRIL

21H30 / CCVF / CAFÉ CONCERTO
SHOWCASES DAS RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS
[JARAN + YAFENI / BUSLAV + URSO BARDO]
+
THE MONDANES
(Entrada livre)

QUINTA 06 ABRIL

17H00 / CCVF / SALA DE ENSAIOS
PHOBOS
ORQUESTRA ROBÓTICA DISFUNCIONAL
SONOSCOPIA
(Bilhetes 2,00 eur: https://goo.gl/GO72jA)

21H30 / CCVF / CAFÉ CONCERTO
SHOWCASES DAS RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS
[THE COURETTES + NICK SUAVE / III]
+
YUMA SUN
(Entrada livre)

SEXTA 07 ABRIL

22H00 / CCVF / GRANDE AUDITÓRIO
QUEST + ORQUESTRA DE GUIMARÃES
AT THE STILL POINT OF THE TURNING WORLD
(Bilhetes 5,00 eur: https://goo.gl/PHzTvZ)

23H00 / CCVF / CAFÉ CONCERTO
BUSLAV
(Entrada livre)

SÁBADO 08 ABRIL

15H00-18H30 / CONVÍVIO / CAAA / ALL GUIMARÃES / BAR DA RAMADA
CITY SHOWCASES
ADÉE / OHRN / JOEL SARAKULA / CRISTÓVAM / MAYBE CANADA / THE JOOLES / SERUSHIÔ / VIENNA DITTO
(Entrada livre)

21H30 / CCVF / PEQUENO AUDITÓRIO
LINCE
(Bilhetes 5,00 eur: https://goo.gl/cpnQoT)

22H15 / CCVF / GRANDE AUDITÓRIO
YOU CAN’T WIN, CHARLIE BROWN
+
XIXA
(Bilhetes 7,50 eur (acesso a ambos os concertos): https://goo.gl/tmYcCh)

24H00 / CCVF / CAFÉ CONCERTO
:PAPERCUTZ
(Bilhetes 3,00 eur: https://goo.gl/g928S6)

1º PASSE PARA OS CONCERTOS (50 PASSES DISPONÍVEIS)

(Quest + Orquestra de Guimarães / Lince / You Can’t Win, Charlie Brown + Xixa / :Papercutz)
12,00 EUR COMPRAR AQUI

2º PASSE PARA OS CONCERTOS (200 PASSES DISPONÍVEIS)
(Quest + Orquestra de Guimarães / You Can’t Win, Charlie Brown + Xixa / :Papercutz)
10,00 EUR COMPRAR AQUI

No dia 07 de abril, às 22h00, o Grande Auditório do CCVF recebe um espetáculo único que nasce de um desafio lançado pelo próprio Westway Lab Festival. Quest, projeto de Joana Gama e Luís Fernandes que cruza o piano e a eletrónica, apresenta-se com uma nova colaboração, desta vez com a Orquestra de Guimarães. O duo aventura-se por novos caminhos e tira a Orquestra da sua zona de conforto. Neste trabalho original para piano, eletrónica e ensemble – que conta com a cumplicidade de José Alberto Gomes na orquestração e arranjos – amplifica-se e complexifica-se a sonoridade que caraterizava “Quest”.

No mesmo dia, às 23h00, chega-nos da Polónia Buslav para apresentar o seu disco de estreia no Café Concerto do CCVF. Este compositor, letrista e multinstrumentista mistura na sua música a eletrónica, a pop e um lado mais acústico, ingredientes que originam concertos que são uma viagem em espiral emocional que tão depressa apelam ao lado mais melancólico como, de seguida, transformam a sala de concertos numa festa.

Este ano, uma das grandes novidades do festival tem lugar no dia 08, entre as 15h00 e as 18h30, momento em que o Westway Lab Festival cresce em direção à cidade com os City Showcases, que acontecem no CAAA (Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura), no Convívio Associação Cultural, no Bar da Ramada e no All Guimarães. Esta iniciativa reafirma a abertura, inclusão e participação no evento de cada vez mais artistas, público e outros intervenientes culturais na cidade. Estes quatro locais convertem-se, na tarde de sábado, em pontos cardeais de uma experiência artística em roteiro pelas várias geografias de Guimarães, ao som da música que se faz no mundo. Adée, Ohrn, Joel Sarakula, Cristóvam, Maybe Canada, The Jooles, Serushiô e Vienna Ditto são os projetos que vão ocupar estes palcos.

Depois de uma tarde de concertos espalhados pela cidade, à noite a música concentra-se no CCVF com espetáculos que vão tomar conta de todas as salas deste espaço cultural para a derradeira despedida do festival. A abrir os palcos, às 21h30, o festival conta com prata da casa, com a vimaranense Sofia Ribeiro a apresentar no Pequeno Auditório o seu projeto a solo, Lince. Aqui, a voz doce e delicada de Sofia faz-se acompanhar do som clássico do piano a que junta, com destreza, o instrumental eletrónico.

Às 22h30, a festa passa para o Grande Auditório do CCVF, onde se aguarda uma dose dupla de concertos. Os primeiros a subir ao palco são os You Can’t Win, Charlie Brown que vêm apresentar o seu último disco, “Marrow”, trabalho em que a banda não se conteve em aliar à sua sonoridade mais indie-folk, as potencialidades da eletrónica. O maior palco do CCVF recebe de seguida os XIXA, provenientes de Tucson, Arizona (EUA), que trazem ao Westway Lab Festival um promissor concerto que transportará o público ao deserto, com um som que respira a natureza selvagem. Imbuída no mais puro psicadelismo da década de 70, com guitarras a soar a essência do rock’n’roll, esta banda pinta com a música as paisagens áridas da sua terra natal.

A quarta edição do Westway Lab Festival termina, à meia-noite, no Café Concerto do CCVF, com a atuação dos :Papercutz que trazem na bagagem o novo álbum de originais, “King Ruiner”. A nova vocalista, Catarina Miranda, conhecida pelo seu trabalho como Emmy Curl, traz novidades à sonoridade deste projeto que evoca harmonias pop e motivos corais encontrados em geografias não ocidentais. Apresentando-se ao vivo em formato trio, os :Papercutz tocam melodias interpretadas por sintetizadores analógicos, batidas urbanas, texturas ambientais e percussões de raiz tribal.

VENDA DE BILHETES
http://www.ccvf.pt
oficina.bol.pt
Centro Cultural Vila Flor
Plataforma das Artes e da Criatividade
Lojas Fnac, El Corte Inglés, Worten
Entidades aderentes da Bilheteira Online

MAIS INFORMAÇÃO
http://www.ccvf.pt
facebook.com/westwayportugal
twitter.com/westwayfestival

Westway LAB Festival is a collaborative platform, a living and organic laboratory, of experimentation and stimulus to creativity whose goal is to bring together, in the same city, acclaimed and emerging, international and national, innovative and purists artists during a period of music creation, video, urban interventions, architecture and thought played out through the development of activities such as artistic residencies, creative ateliers, showcases, concerts and talks.

%d bloggers like this: